domingo, 30 de novembro de 2014

Polícia Civil explica à imprensa como prendeu matador de Bárbara Lira

Durante coletiva de imprensa na tarde deste domingo (30), o superintendente regional de Polícia Civil, delegado Marcelo Delgado, agradeceu ao apoio que recebeu da imprensa, polícias Militar e Civil, e deu detalhes sobre a prisão de Douglas Pantoja Corrêa, 21 anos, acusado de ter assassinado a garota Bárbara Lira Ferreira, 13 anos de idade.

“O trabalho da polícia foi bem feito. Dar a notícia desta prisão nos motiva a trabalhar cada vez mais em prol dos munícipes”, destacou Marcelo Delgado, afirmando que estava há uma semana sem ver sua esposa e familiares por estar envolvido totalmente nas investigações do crime da garota Bárbara Lira Ferreira.

O crime que ceifou a vida da estudante ocorreu no dia 22 de novembro, nas proximidades da Praça da Bíblia, onde a garota foi encontrada sem vida, estuprada e golpeada no pescoço e no coração.

Segundo a polícia, o homicida é natural de Belém do Pará, mora em Parauapebas há seis anos, é evangélico e frequentava a mesma igreja que Bárbara Lira congregava, a Deus é Amor.

Na coletiva, os delegados Marcelo Delgado e Thiago Carneiro apresentaram à imprensa Douglas Pantoja, que em declarações prestadas aos repórteres confessou o crime e em poucas palavras disse que não tinha mais nada a falar, e estava arrependido.

“Através de investigações em sigilo absoluto com o apoio de outros policiais, inclusive de outros municípios, conseguimos levantar informações e provas que foram apresentadas ao juiz criminal Líbio Moura, que por sua vez decretou a prisão do elemento Douglas Pantoja Corrêa. Tivemos informações que ele estava em São Domingos do Araguaia, a 210 quilômetros de Parauapebas, e a partir daí fomos até o outro município e tivemos êxito na prisão do acusado”, relatou Thiago Carneiro.

O delegado Marcelo Delgado ficou dois dias naquele município e conseguiu prender o acusado no sábado (29), que estava se dirigindo para a igreja evangélica Deus é Amor, na companhia dos pais.

No momento da prisão, Marcelo Delgado e sua equipe estavam descaracterizados, porém, Douglas Pantoja Corrêa não esboçou reação à prisão.

“No final da semana passada duas mulheres foram assassinadas de formas semelhantes em Parauapebas. Porém, foram casos isolados e graças a um trabalho de inteligência da Polícia Civil os dois acusados estão presos e à disposição da Justiça”, enfatizou Marcelo Delgado, afirmando que a imprensa e população de modo geral precisam ter cautela em divulgar informações.

“Não podemos acusar pessoas inocentes, como, por exemplo, o namorado da garota Bárbara, que foi julgado pelas redes sociais. Quando uma pessoa compartilha uma foto com informações falsas, ela também responde junto. Afinal, isso gera um pânico desnecessário à população”, relatou a autoridade.

Douglas Pantoja Corrêa era ex-namorado da jovem Bárbara Lira. De acordo com os delegados que desvendaram o crime, Bárbara terminou o relacionamento com Douglas e iniciou o namoro com outro jovem, porém ainda vinha tendo contatos via aplicativo whatsapp com Douglas.

Na sexta-feira (21 de novembro), Bárbara e Douglas teriam marcado um encontro. Por volta das 23 horas, Douglas foi até a residência de Bárbara e a levou em uma motocicleta modelo biz para o Morro dos Ventos, nas proximidades da Praça da Bíblia.

Em depoimento, Douglas Corrêa confirmou que no local manteve relações sexuais com Bárbara Lira, com o consentimento da vítima, e logo após a esfaqueou. De acordo com Marcelo Delgado, por mais que a relação sexual fosse com o consentimento de Bárbara, se caracteriza estupro, tendo em vista que a garota é menor de 14 anos de idade.

Além de Douglas Corrêa ter confessado o crime, as autoridades policiais estão com várias provas que confirmam a confissão, como o aparelho celular de Bárbara Lira, encontrado com o acusado. A motocicleta usada no crime também foi apreendida e passará por perícias para ver se vestígios de sangue são encontrados no veículo. (Bariloche Silva/Waldyr Silva)

21 comentários:

  1. Anônimo22:03:00

    Ñ justifica matar,mas santa ela nao era ter namorado e sair com outro isso p q so tinha 13 anos!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo00:15:00

      Concordo. Agora me desculpem os pais da Barbara e também sei que é lei, mas acho injusto acusa-lo de estupro se realmente for comprovado por meio de exames que a relação sexual foi consensual, pois ela sabia muito bem o que estava fazendo e o que queria. Estupro, pra mim, é sexo forçado ou contra alguém que não entende realmente. Uma garota com 13 anos, com esse tipo de comportamento (sair as 23h de casa com um cara que nem namorado era mais, e que desejou fazer sexo com ele), não deve ser colocada em pedestal agora só por que morreu.

      Excluir
    2. Anônimo12:06:00

      sim 13 anos mais não er do seu interesse se fosse parente seu não estaria falando isso se incherga otario(a)

      Excluir
    3. Anônimo12:14:00

      vc tem que presta atenção nas palavras pq se fosse cm parente seu não estaria falando isso bora para ner ela não ta viva mais sera se nem morta naw vão deixar descançar param de falar dela

      Excluir
    4. Anônimo06:23:00

      Nada justifica matar espero q justiça seja feita e parabéns aos policiais q si empenharam e conseguiu colocar mas um bandido na cadeia.

      Excluir
    5. Sendo estupro ou nao,isso nao e o que mais importa,ele e um assasino,ele matou ela,que diferenca faz a justiça considerar estupro...

      Excluir
  2. Anônimo21:32:00

    Alias onde estava a mãe da garota q deixou ela sair as 23hrs da noite???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo12:07:00

      tava pra roça

      Excluir
  3. Anônimo12:32:00

    Esse povo que escreve aqui é muito ignorante mesmo. Eu fiquei perplexo e horrorizado mais ainda ao ler esses tipos que comentários infames e mesquinhos. Vocês preferem criticar uma garota de 13 (treze) anos pela sua criação, modo de ser e agir, do que enxergar oque realmente ocorreu, afinal, independente do que aconteceu ali, ela morreu, e isso NÃO foi culpa dela, e sim de um ASSASSINO, ESTUPRADOR, e PEDÓFILO, afinal ele MATOU premeditadamente, fez SIM sexo a força com ela, julga-se isso pela cena do crime, e utilizava-se sua PSEUDOCRENÇA para se relacionar com uma jovem dessa idade. E pra quem não sabe, não há injustiça quanto a esse tipo de crime, afinal na idade dela, mesmo sendo relação sexual consensual (o que não aconteceu), é constituído crime de estupro de vulnerável, além de pedofilia. Por fim, entristece-me ao ver que pessoas, motivadas por religião defendem outras pessoas inescrupulosas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Finalmente alguem que tem cerebro aqui...

      Excluir
    2. Esse rapaz vai pagar por tudo

      Excluir
  4. Anônimo09:31:00

    Bárbara( santa )essa nunca foi...fala sério tava com outro traindo o atual namorado...

    ResponderExcluir
  5. Anônimo13:47:00

    Calma gente o inferno apenas começou pra ele,,,vcs sabem q estrupador ,assassino de mulher, pedofolo, e matador de criança nao tem perdão dentro de presidio,,,

    ResponderExcluir
  6. Anônimo16:31:00

    Gente neste caso foram uma série de coisas totalmente erradas que levaram a morte desda menina.. esse rapaz ja estava con tudo premeditado ja qir avia com ela uma arma branca... me diz ai quem e que vai se encontra con alguem e leva uma faca e mata se nao e premeditado ta tudo errado...

    ResponderExcluir
  7. Anônimo11:40:00

    Segundo fontes de dentro da delegacia, ele a matou pq ela o jogou na cara que tinha perdido a virgindade com o atual namorado e ele (Douglas) não foi homem o suficiente para isso enquanto namoraram.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo15:58:00

    Parabens aos policiais por mais um bandido presso, vai se da mal na cadeia esse pedofilo...

    ResponderExcluir
  9. Anônimo16:00:00

    Que bom mais um bandido atras das grades, vai se da muito mal pedofilo nao tem vez

    ResponderExcluir
  10. Anônimo11:48:00

    bando de gente sem noçao nao falem do que nao sabem, boca calada nao entra mosca, parabens a policia pelo excelente trabalho...

    ResponderExcluir
  11. Anônimo14:45:00

    que lamentável ela tinha a vida toda pela frente isso não se fais

    ResponderExcluir
  12. Anônimo22:52:00

    Vix mas essa menina no tinha q ta saindo altas horas de casa ne, parabéns a polícia ,ouvir falar que o Douglas esta pregando na cadeia,

    ResponderExcluir
  13. Rose Boop11:10:00

    Vagabundo,filho da puta, pregando o que muitos fazem a hipocrisia, a falsidade, com esta falsa crença, de que aceitou Jesus todos os pecados serão esquecidos,raça de víboras, vão pagar caro!!!!
    Se estava já na pseudoreligião e tocando o terror,ainda quer dar uma de santinho na cadeia.Vassoura enterrada neleeeee.

    ResponderExcluir