sábado, 8 de fevereiro de 2014

Malandro aplicava golpes usando nome de vereador

Encontra-se preso em Parauapebas, desde esta sexta-feira (7), o indivíduo Hilton Guimarães Pereira, acusado de estar usando o nome do vereador Israel Pereira Barros, conhecido por “Miquinha”, para aplicar golpes em diversas pessoas.

A prisão de Hilton Pereira se deu depois que Wellington Santos, uma das vítimas do acusado, o reconheceu na frente da agência do Banco do Brasil e chamou a Polícia Militar, que o deteve e encaminhou para a Polícia Civil.

No Boletim de Ocorrência, Wellington Santos contou que no último dia 25 de janeiro ele se encontrava em um estabelecimento quando Hilton Pereira chegou ao local afirmando que o vereador “Miquinha” tinha alguns lotes para distribuir em troca de votos futuros, mas, para isso, cobrava uma taxa de R$ 32 da pessoa interessada.

“Ele disse que no dia seguinte haveria uma reunião para me apresentar ao vereador, mas quando cheguei ao local indicado não havia ninguém lá”, lamentou a vítima, na esperança de a qualquer hora reencontrar o malandro e entregá-lo à polícia.

Na delegacia, Hilton Pereira negou as acusações, sustentando que ninguém tinha prova que ele havia praticado golpe às pessoas e que não trabalhava para o citado vereador. A polícia encontrou no bolso do acusado R$ 32, o que poderia ser produto de outros golpes.

Procurado pela reportagem, o vereador Miquinha confirmou ter conhecimento de que um homem estava usando o nome dele e tirando dinheiro de pessoas incautas. Na delegacia, o vereador se surpreendeu, pois conhecia Hilton Pereira, e lamentou o prejuízo sofrido pelas vítimas. Jornal Tabloide e Portal www.pebinhadeacucar.com.br. (Vela Preta/Waldyr Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário